quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Biscoitos de manteiga e o sentido prático da vida

Já nem me recordo mais o lugar onde li ou assisti o Prof. Olavo relatando um importante momento de sua juventude. Estava ele na casa de um amigo quando o pai deste começou a relatar o processo de fabricação de cada uma das coisas que tinham então diante de si: a mesa, a xícara, o queijo, e assim por diante. Naquela ocasião o professor percebeu o quão pouco sabia sobre a origem dessas coisas básicas da vida, que fazem parte do dia a dia de todos nós, e o quanto, por causa disso, a sua percepção e compreensão da realidade estavam mutiladas.

Desde que li (ou ouvi) esse relato, pude constatar repetidas vezes semelhante falha em minha própria formação, mas, por outro lado, pude também decidir fazer diferente com meus filhos. No entanto, o tempo foi passando, as visitas que tentamos combinar não vingaram e acabamos, mais uma vez, nos acomodando na ignorância.

Recentemente, entretanto, o seguinte post do prof. trouxe à tona mais uma vez o assunto e o desejo de fazer diferente:

"Sugestão para desenvolver o sentido prático nas novas gerações: mostre a seu filho todos os ofícios, todas as técnicas que puder. Leve-o para ver o que faz um carpinteiro, um relojoeiro, um torneiro mecânico, um criador de gado, um plantador de alface, um domador de cavalos, um sapateiro, etc. etc."
Entramos, então, em contato com os proprietários de uma fábrica de biscoitos e recebemos autorização para visitá-los. Foram duas horas excepcionais! Graças à incrível paciência e carinho do casal Míriam e David, Chloe e Benjamin aprenderam o passo a passo da produção de um tradicional biscoito amanteigado alemão (uma receita de família!). Pensem num biscoito delicado, suave e saboroso: é este.

Confiram as fotos do passeio:

Quando vocês encontrarem biscoitos dessa marca, comprem, pois valem a pena!
Chegada. Hora de colocar a touca.
Pesagem dos ingredientes.
Conhecendo a misturadora de farinha e manteiga.
Quantas formas!
O momento mais esperado: esticar a massa!
Chef Bibi às suas ordens!
Primeira obra. :)
Rigoroso controle de qualidade. XD
Fechamento das embalagens.
David e Míriam, muito obrigada!
Nathaniel não só aprovou o produto como o coloriu com tinta comestível.
E não foi só ele. :)
Melhor do que somente comer um biscoito amanteigado é poder também aprender a fazê-lo!

7 comentários:

  1. Camila,que olhar lindo que tu deste para esse momento.Transformou em poesia.Me deixou emocionada...

    ResponderExcluir
  2. Camila,fiquei emocionada!Teus filhos são crianças maravilhosas.Absorvem tudo o que se fala e demostram interesse em realmente aprende o que há de novo.Lindos,felizes com as formas que dariam aos biscoitos... Quem agradece somos nós,eu e o David por essa tarde leve,alegre e simples...

    ResponderExcluir
  3. Puxa, que excelente ideia, obrigada por compartilhar!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi. Muito grata por falar de simplicidade. Nossa família acabou de fazer essa escolha: homeschooling.
    A nossa primeira dificuldade foi, de fato, encarar simplicidade. Romper od maus hábitos do tempo de escolarização, tanto para nós pais, quanto para nossos filhos. Te agradeço de coração.

    ResponderExcluir
  5. Olá Camila, sou um novo leitor do seu blog. Encontrei lendo um artigo seu no MSM. Estou gostando bastante. Apesar de ser solteiro e não ter filhos,tem muitas coisas boas aqui pra eu aprender. Obrigado por compartilhar seu conhecimento. Parabéns.

    ResponderExcluir