Pular para o conteúdo principal

Cursos, cursos, cursos!

A partir de amanhã pela manhã, às 11h, estarão oficialmente abertas as inscrições para a nova turma do curso "Ensine seus filhos a ler de forma eficaz", do prof. Carlos Nadalim. Disponibilizarei aqui no blog e também no facebook o link para aquisição do curso. Nele você encontrará um vídeo breve em que o prof. Carlos explicará TUDO a respeito do curso: formato, duração, valor, materiais de apoio, bônus... Não se preocupe, você não ficará confuso nem perdido, estará tudo explicadinho. ;) No entanto, se você adquirir o curso do prof. Carlos por meio dos meus links (e só dos meus), levará gratuitamente dois cursos meus! Confira abaixo as descrições de ambos:

Curso #1 (Já conta com mais de 130 alunos satisfeitos!)
Ensine seus filhos a gostar de ler
 
Um curso elaborado de modo a complementar o curso oferecido pelo prof. Carlos: enquanto ele ensina a ler, eu ensino a transformar a nova habilidade adquirida em um hábito e em um prazer.

O curso é composto de 4 aulas, nas quais você aprenderá:
- A tornar-se uma inspiração para seus filhos;
- A utilizar as novas tecnologias a seu favor;
- A discernir os assuntos e estilos que mais instigam;
- A selecionar os melhores conteúdos.

Há ainda uma série de bônus! Sim, o bônus do bônus
- Um artigo de autoria de Mortimer Adler, traduzido do inglês e inédito em língua portuguesa, que irá inquietá-lo e desafiá-lo a fazer o melhor por si e por sua família;
- Material de apoio em pdf para cada aula;
- Lista ampla com dezenas de títulos de obras seguras, divididas por faixas etárias, para você começar a montar (ou complementar) a biblioteca dos seus filhos;
- Lista de obras para os pais, para ajudá-los a compreender melhor o universo da literatura infantil (INÉDITO!);
- Comunidade secreta no facebook destinada ao convívio dos alunos, esclarecimentos e ao compartilhamento de conteúdos relativos ao curso.


Curso #2 (Inédito!)
De volta ao lar - Guia para esposas e mães
Um curso que surgiu como uma resposta à constante pergunta que muitas mulheres me fazem: "Como você faz para dar conta de tudo?". Nele, pretendo contar o meu "segredo", isto é, como o retorno ao lar é mais do que cumprir uma série de obrigações para as quais muitas de nós não fomos sequer preparadas.

O curso é composto de 6 aulas, nas quais falarei sobre:
- Como fazer diferente daquilo que nos foi ensinado;
- Os referenciais contemporâneos e os referenciais da fé;
- Definir prioridades e organizando a rotina;
- Alimentação e compras;
- Inserir e transmitir às crianças os novos conhecimentos.

E como oferecido no primeiro curso, há ainda uma série de bônus! Sim, o bônus do bônus!
- Listas de sites, blogs e aplicativos destinados a ajudar na gestão da vida doméstica;
- Material de apoio em pdf para cada aula;
- Planilhas e listas para organizar a rotina;
- Comunidade secreta no facebook destinada ao convívio dos alunos, esclarecimentos e ao compartilhamento de conteúdos relativos ao curso.

Ambos os cursos serão disponíveis online, agora em VÍDEO, com duração média de 30 minutos cada aula. Ou seja, cada aluno poderá fazer o curso no seu ritmo, onde e quando for melhor para si.

Quanto àqueles que já foram alunos do prof. Carlos e têm interesse em algum (ou em ambos) os meu cursos, peço-lhes que envie um email para encontrandoalegria@gmail.com escrevendo em "Assunto" apenas: "Quero fazer o curso Ensine seus filhos a gostar de ler" ou "Quero fazer o curso De volta ao lar". Pronto. Você entrará automaticamente para a minha lista e receberá informações relativas ao processo de inscrição. 

Contudo, se você já foi meu aluno, quer adquiri o curso do prof. Carlos, mas acha um desperdício já ter feito o curso "Gostar de ler", saiba que você pode dá-lo de presente a uma outra pessoa, parente ou amigo. Presentão de Natal, hein?

Por último, se você não tem interesse em nada disso, mas sabe de alguém a quem tais conteúdos seriam úteis, por favor, repasse-lhes o link deste post!

Muito obrigada e até amanhã!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A repetição da maior e melhor novidade

Quando eu era garota e atéia, detestava essa época do ano. Na verdade, o sentido do Natal me escapava por completo, tudo parecia uma grande desculpa do comércio - para ganhar dinheiro - e das famílias - para alimentar hipocrisias -, repetindo anualmente os seus rituais de auto-legitimação. Sim, eu já pensei e fui assim. E todo ano, por vários anos, detestava a repetição do Natal.
De certa forma, é verdade que o Natal é uma repetição. E bem pode ser verdade que muita gente só pense em lucrar ou em suportar diplomaticamente o convívio com parentes inconvenientes - quantas Camilas há por aí! Contudo, o sentido da repetição exprime-se em outros termos: "até que Ele venha". É por isso - hoje eu sei - que tudo se repete: para que jamais O esqueçamos, porque Ele virá mais uma vez, conforme prometido. Assim, enquanto Ele não vem, prosseguimos repetindo, ano após ano, guiados pelo Calendário litúrgico, cada um dos passos de sua vida, desde a sua concepção e nascimento até sua morte …

A importância das boas músicas

Tem se tornado cada vez mais difícil passar por aqui e compartilhar coisas que acho que são úteis ou importantes para as famílias homeschoolers. São muitos os projetos nos quais estamos envolvidos, e há ainda novas coisas surgindo, por isso, pela necessidade de priorizar, o blog, que foi o começo de tudo, acaba ficando para trás. Ainda assim, porém, quero compartilhar com vocês algumas coisas bonitas que temos usado e feito por aqui.

Eu e Gustavo, na vida adulta, nunca fomos apreciadores de músicas populares. Sempre que colocamos alguma música, ou é clássica, ou é sacra. Raras vezes Gustavo varia um pouco o repertório acrescentando alguma música regional gaúcha ao menu. Por isso, desde sempre, nossos filhos foram acostumados com boas músicas, ainda que não saibam os nomes dos compositores/autores e das músicas, pois fazemos tudo de maneira muito tranquila e informal.
Assim, vindo a complementar um pouco mais esse hábito, recebemos de uma amiga a indicação de um excelente livro que agora…

Abertura à vida: plena confiança em Deus

Não é novidade que eu e meu marido temos quatro filhos. Mas talvez seja novidade para quem nos acompanha há pouco tempo que somos abertos à vida, isto é, que não fazemos nenhum planejamento familiar, não adotamos controle algum de natalidade, nem artificial, nem natural. Em outras palavras, não, a fábrica não fechou, para horror dos parentes, amigos, inimigos, médicos e ativistas por um mundo melhor - todos aqueles que, graças a Deus, não pagam nossas contas.

E por falar em contas, ao contrário do que se possa pensar, nossa decisão não tem absolutamente nada a ver com questões financeiras. Não, nós não somos ricos - e não somos mesmo, diferentemente daqueles que dizem isso para posar de modestos e são hipócritas, pois têm todas as garantias possíveis para viver uma vida tranquila. "Mas minha nossa, que irresponsabilidade!", muitos de vocês devem estar pensando, e, bem, este é um modo de ver as coisas, mas não o nosso.

Nós somos cristãos e acreditamos que toda a vida é fruto …