segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Curitiba é demais!

Neste último final de semana estivemos em Curitiba. Embora eu já tivesse passado pela cidade algumas vezes, de ônibus, jamais havia ficado por lá. A impressão que tive confirmou o que eu percebia de modo tão breve em minhas andanças através da capital do Paraná: a cidade é linda, linda, linda! Não que eu conheça muita coisa, pois não conheço mesmo, mas a beleza, a ordem e a tranquilidade de Curitiba lembram apenas vagamente algumas poucas cidades do interior do Rio Grande do Sul, especialmente aquelas que foram colonizadas por imigrantes italianos ou alemães.

No domingo à tarde, como não poderia deixar de ser, fizemos um belo passeio por um dos muitos parques da cidade. Além de limpo, bem cuidado e livre de satanistas, maconheiros e pelados (tipos cada vez mais comuns nos parques aqui de Porto Alegre), o parque que visitamos (o Parque do Bosque Alemão) tem uma incrível trilha que pretende imitar o caminho percorrido por João e Maria (sim, os personagens do conto clássico!): ao longo do percurso, painéis com trechos ilustrados da história vão conduzindo os visitantes, primeiro, até a casa da bruxa (que é uma biblioteca pública!) e depois até a liberdade ;), ou até a próxima diversão. Não preciso dizer que as crianças adoraram, não é? 

Também foi interessante saber que assim como a casa da bruxa, existem muitas outras pequenas bibliotecas públicas espalhadas pela cidade. São os chamados "Faróis do saber" e realmente iluminam a cidade: estão disponíveis e são frequentados pela população.

É claro que isso não é o suficiente para garantir um bom nível cultural à população, afinal, sabemos que há muita, mas muita porcaria sendo publicada (e vendendo!) por aí. Mas, de todo modo, entre uma cidade que investe em literatura, oferecendo-a aos seus cidadãos, e uma outra que é indiferente ao assunto, obviamente que a primeira delas é, de longe, a preferível. De fato, neste e em vários outros aspectos, Curitiba está muito a frente de Porto Alegre.

Vejam um pouquinho do passeio:

Uma vista exuberante antes da descida rumo à trilha.

Parabéns ao prefeito politicamente incorreto que realizou o projeto!
Meus aventureiros lindos!
Bibi espiando pelas frestas da escadaria de madeira.

A trilha.

O conto.




Uma casinha de bruxa resolveria vários dos meus problemas. ;)


Curitiba já deixa saudades em todos nós. Mas os frutos dessa viagem, se Deus quiser, serão abundantes e abençoarão muitas famílias!

Fiquem ligados, pois muita coisa boa (e inédita) virá por aí. 2015 será um grande ano para o Encontrando Alegria e para a educação domiciliar no Brasil!

Um comentário:

  1. Encontrando alegria mais uma vez destilando cultura, bom humor e injetando entusiasmo em nossas veias...
    "Destinada aos interessados nas clareiras da inocência em meio à densa floresta da modernidade"...
    Bahhh!!! Tem coisa mais profunda e poética do que essa? ;)
    Bjo, Camila, adoro acompanhar as aventuras de vocês! <3

    ResponderExcluir