Pular para o conteúdo principal

Sites conservadores e cristãos são bloqueados em escola nos EUA

Tradução de Marco Carrero

Escola bloqueia sites Conservadores e Cristãos; Libera sites de cunho esquerdista, além de possibilitar o acesso a sites de conteúdo Islâmico.

19 de Junho 2014, por Jennifer Burke

Na medida em que a esquerda assumiu o sistema escolar, eles têm frequentemente sido acusados de usarem esse local como um meio de doutrinação para as mentes mais vulneráveis, as dos nossos filhos. Com inúmeras histórias de aulas cujo núcleo comum é o ensino anticapitalista, anticonservador e ideias anti-americanas, a preocupação com a doutrinação cresceu. 

Temos uma nova história em Connecticut que oferece uma prova de quão longe o esquerdismo dominou o sistema escolar, empurrando sua ideologia unilateral para a nossa juventude, em uma tentativa de controlar seu pensamento. 

A filial da Fox News, em Connecticut, preparou uma reportagem sobre os resultados das pesquisas feito por Andrew Lampart, que frequenta a Escola Secundária de Nonnewaug, no Distrito Escolar de Woodbury. Como ele estava preparando uma pesquisa a fim de participar de um debate, Lampart descobriu que não podia acessar o site da Associação Nacional de Rifle. No entanto, ele pôde acessar sites que são contra a Segunda Emenda, como o www.momsdemandaction.org e www.newtownaction.org. 

Ao investigar mais a fundo, Lampart notou um padrão. 

O site do Partido Republicano foi bloqueado, mas o site do Partido Democrata não estava. 

Sites como National Right-to-Life (www.nrlc.org) foram bloqueados, mas o Planned Parenthood (www.plannedparenthood.org) e Pro-Choice America (www.prochoiceamerica.org) não estavam. 

O distrito escolar ainda teve sites afiliados religiosos como Christianity.com e o site oficial do Vaticano bloqueados, mas os estudantes podiam acessar Islam-guide.com livremente. 

Lampart, que tem 18 anos de idade, disse: "Eles estão tentando, na minha opinião, esconder de nós o que está realmente acontecendo em todo o país e ao redor do mundo, bloqueando esses sites. E deveria ser o contrário. Os sites devem ser desbloqueados para que os estudantes possam obter diferentes pontos de vista dos diferentes lados de cada argumento."

Ele levou suas conclusões ao superintendente regional, mas suas preocupações caíram em ouvidos surdos. Após a ausência de resposta do Superintendente, Lampart decidiu ir ao Conselho de Escolar. O Presidente do Conselho afirmou que a diretoria da escola irá investigar as descobertas de Lampart e diz que apreciou que Lampart tenha levantado essa importante questão. 

ASSISTA, no vídeo, a reportagem sobre a investigação de Lampart e a resposta do distrito.

Para ler a matéria original, clique aqui.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abertura à vida: plena confiança em Deus

Não é novidade que eu e meu marido temos quatro filhos. Mas talvez seja novidade para quem nos acompanha há pouco tempo que somos abertos à vida, isto é, que não fazemos nenhum planejamento familiar, não adotamos controle algum de natalidade, nem artificial, nem natural. Em outras palavras, não, a fábrica não fechou, para horror dos parentes, amigos, inimigos, médicos e ativistas por um mundo melhor - todos aqueles que, graças a Deus, não pagam nossas contas.

E por falar em contas, ao contrário do que se possa pensar, nossa decisão não tem absolutamente nada a ver com questões financeiras. Não, nós não somos ricos - e não somos mesmo, diferentemente daqueles que dizem isso para posar de modestos e são hipócritas, pois têm todas as garantias possíveis para viver uma vida tranquila. "Mas minha nossa, que irresponsabilidade!", muitos de vocês devem estar pensando, e, bem, este é um modo de ver as coisas, mas não o nosso.

Nós somos cristãos e acreditamos que toda a vida é fruto …

A mulher artificial e a luta pela mulher verdadeira

Dias atrás, uma aluna marcou-me em um post de uma entrevista da feminista Elisabeth Batinder. Eu não a conhecia e, apesar dos visíveis problemas em sua argumentação, fiz o esforço de ouvi-la até o fim. Antecipo que a entrevista completa renderia páginas e páginas de refutação, pois está repleta de falácias, mas circunscrevo aqui minhas objeções à tese, apresentada logo ao início e que me parece fundamental, de que não existe instinto materno.
Batinder começa afirmando seu prazer em observar os pais e mães às voltas com os seus filhos nos parquinhos europeus, e que por conta desse hábito, acabou percebendo nos rostos das mães o quanto elas parecem entediadas e alienadas naquele mundo materno. Até aí, nada de errado, afinal, quantos de nós já não vimos algo assim ou não nos sentimos assim? No entanto, após um salto argumentativo olímpico, ela conclui, com base em tal observação, que, obviamente, a maternidade não é uma coisa natural para a mulher como o é para as macacas, de modo que, re…

Dicas de planejamento de homeschooling

Muitas famílias homeschoolers já retornaram às atividades de estudos, mas há muitas que, assim como nós, por diferentes razões, espicharam um pouco mais as férias. Assim, apesar da época já um tanto adiantada, resolvi compilar aqui algumas dicas para quem quer fazer um bom planejamento de estudos para este ano mas tem encontrado alguma dificuldade ou simplesmente não tem experiência no assunto.
Antes, no entanto, de passar às dicas propriamente ditas, convém esclarecer que não abordarei aqui a questão dos materiais (qual é o melhor, qual é o pior, onde comprar, se existe para download, etc.). Nas dicas, meu foco será a família, as pessoas envolvidas no homeschool. Por desimportante que possa parecer, se a família não está funcionando bem, há grandes chances de o seu homeschool fracassar.
Todavia, quem precisar de ajuda na seleção/avaliação dos materiais, ou precisar de algum auxílio mais pontual, sugiro duas possibilidades: ou o nosso curso Homeschooling 1.0, onde oferecemos todo o pass…