quarta-feira, 3 de julho de 2013

O Cordeiro É o Leão

 
Lendo "As crônicas de Nárnia" para as crianças, que é de autoria do autor cristão C.S. Lewis, vejo o quanto até mesmo a literatura infanto-juvenil cristã tornou-se uma água com açúcar, que pouco desperta para a virtude, assim como pouco estimula o combate à maldade.

Vejam só que diferença!:
"Os dois reis e as duas rainhas governaram Nárnia, e o reinado foi longo e feliz. A princípio gastaram grande parte do tempo destruindo o que restava do reinado da Feiticeira Branca. Durante muito tempo ainda, chegaram notícias de que espíritos maus se escondiam nos recantos desconhecidos da floresta. Uma emboscada aqui, uma morte ali, um lobisomem que aparecia, uma bruxa que dava o ar de sua desgraça... Até que toda aquela raça imunda foi eliminada. E os reis e as rainhas fizeram leis justas, mantiveram a paz, não permitiram que as árvores fossem derrubadas sem necessidade, libertaram os anõezinhos e os sátiros da tirania escolar (...)"
Em qual livrinho cristão de hoje em dia vemos semelhante coisa? Reduziram o Leão ao Cordeiro e com isso amputaram de Cristo Sua força e Sua justiça, distorcendo-O no imaginário e nos corações de nossos pequenos.

0 comentários:

Postar um comentário